Pular para o conteúdo principal

Como redimensionar o disco virtual do Archivematica no Virtual Box

Quando eu trabalhei com o Repositório Digital Archivematica, tive que redimensionar o disco rígido virtual, da máquina virtual, no Virtual Box. Como o disco rígido virtual do sistema operacional Xubuntu (que contém o Archivematica) é limitado em até 20GB, foi necessário aumentar esse tamanho para que os documentos do LAEDPA (Laboratório de Acervo, Editoração e Divulgação da Produção Acadêmica - do Curso de Arquitetura e Urbanismo/UFSM) pudessem ser inseridos na sua totalidade. Este procedimento fez parte do meu Trabalho Final de Graduação.

Foi definido 60GB para o novo tamanho, considerado o espaço disponível em todo o HD do computador do Laboratório. Na medida em que o acervo documental for aumentando, este espaço poderá ser novamente redimensionado.

Configurações e softwares utilizados:

As configurações básicas do computador Desktop existente no Laboratório, atualmente, são: 250GB de espaço de armazenamento no HD; 2GB de memória RAM, processador Pentium(R) Dual-Core CPU 2.20GHz e Sistema Operacional Windows Seven Ultimate. O software Virtual Box na versão 4.1.18, com o Archivematica no formato Vbox.

Procedeu-se da seguinte maneira: 

A partir do terminal do Windows Seven (cmd.exe) foi executado o comando para aumentar o tamanho do disco rígido virtual. Os comandos foram os seguintes:

1º comando:

CD C:\PROGRAM FILES\ORACLE\VIRTUALBOX

2º comando:

VBOXMANAGE MODIFYHD “C:\PROGRAM FILES\ARCHIVEMATICA\ARCHIVEMATICA-0.8-ALPHA.VDI” –RESIZE 61000

Os endereços de diretórios apontados nos comandos acima, se referem àqueles do computador do LAEDPA. Deve-se alterá-los conforme as configurações de cada computador. A figura seguinte apresenta o resultado final após o segundo comando



Resultado final após o comando no terminal do Windows para aumentar o espaço no disco
rígido virtual



A partir disso, é aumentado o tamanho do disco rígido virtual, porém o espaço adicionado além dos 20GB já existentes, fica desabilitado. É necessário então redimensionar o disco rígido para o novo tamanho. Para isso, foi utilizado o software GParted. O Gparted é um editor de partição gratuito, que vamos usar para redimensionar as partições conforme desejarmos.

Próximo passo: Fazer o download da imagem .iso do Gparted live cd. Acesse a url: http://sourceforge.net/projects/gparted/ e baixe a ultima versão da imagem .iso

Próximo passo: Adicionar o liveCD Gparted na maquina virtual. Adicione o .iso na sua vm de forma que fique assim:



Para quem usa controlador IDE, basta adicionar na posição IDE Secondary Master.
Certifique-se também que a ordem de boot da sua VM está com o CD-Rom antes do HD:


Próximo passo: Iniciar a VM pelo LiveCD do GParted. Ligue a VM e inicie escolhendo a opção do GParted:


Ele irá oferecer alguma opções de formato do teclado e linguagem. Você pode ir pelas configuraões padrões apertando “ENTER” em todas as opções oferecidas até chegar na tela do sistema:


Próximo passo: Verificar os nomes dos discos. Assim que o GParted iniciar, o programa já deve vir aberto. Se não estiver em execução, você pode inicar o GParted pelo ícone na área de trabalho.
Depois disso, você precisa ficar atento para o nome do disco a ser redimensionado (o do Archivematica-20GB):


Próximo passo: Redimensionar a partição do disco. No meu caso, estou redimensionando em um HD com linux, então entre a partição do sistema e o espaço disponível tem a partição do swap.



Para poder redimensionar o disco, você precisa remover o “swap” que está em nosso caminho.


Depois de deletar o swap, clique com o botão direito e depois em redimensionar / resize para chegar na tela abaixo:



Arraste o tamanho do disco até o limite desejado. Lembre-se de deixar um pouco de espaço para recriar o swap novamente. Geralmente o swap é criado com o dobro do tamanho da memória da máquina.


Depois de aumentar a partição primária, crie no espaço que sobrou uma partição estendida, onde iremos definir o novo swap.


Criado a partição estendida, crie dentro dela uma partição lógica com o file-system “linux swap”



Pronto. Terminamos de redimensionar o disco.



Agora basta aplicar as modificações e esperar um pouco.


Feito isso, já podemos desligar a vm.

Próximo passo: Ligar a VM com o novo disco redimensionado. Remova o cd de boot e depois ligue a vm com o novo disco!
 

Pronto! Agora o Archivematica ficou com maior espaço de armazenamento, para a preservação de seu acervo documental digital!



__
Dhion C. Hedlund

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lista de 170 dos principais e mais notáveis Softwares Livres para Web

Ser gratuito não significa que não sejam poderosos. Muitos desses softwares têm funções superiores às encontradas em seus concorrentes pagos.

Muitos programadores contribuem para a construção de um Software Livre, compartilhando gratuitamente seu trabalho e, pedindo um auxílio às pessoas dispostas a ajudar. É isso que sustenta o movimento do Software Livre.

Também, se dedicam inteiramente à criar design diferenciado desses softwares de código aberto, sob demanda de empresas, pessoas e instituições que agora se tornam seus clientes. Outros, criam módulos e componentes à esses softwares, com funções específicas de determinado tipo de atividade de um empresa ou instituição, cobrando então pelo seu trabalho, que agora depende da aplicação principal que ele ajudou a desenvolver.

Esse idealismo pode criar ótimos programas. O Firefox é um dos melhores exemplos. Mas há muitos programas de código livre além dele. Conheça agora, 170 dos principais e mais notáveis Softwares Livres, construídos …

Conheça o Alfresco - Software Livre para Gestão Documental

Alfresco, é um sistema de Gestão de Documentos físicos/digitais empresarial (em inglês ECM "Enterprise Content Management") multi plataforma (Windows e Unix/Linux) de Código Aberto, desenvolvido em Java.
Muitas empresas utilizam para gestão de seus documentos, gestão de conteúdo Web e de colaboração (e-groupware). O Alfresco não é a única plataforma de ECM open source, mas para a gestão de documentos, colaboração e repositório documental, é um dois mais utilizados no mercado atualmente, implementando alta usabilidade e um modelo open source a 100%.

Atualização do ICA-AtoM - versão 1.2 para 1.3

Vídeo gravado no celular. Apresenta o procedimento realizado ao atualizar a versão 1.2 para 1.3 do software ICA-AtoM. (localhost) Ubuntu + MySql Administrator


Planejamento deve levar em conta a Gestão Documental

Escrito por Dgard Pinheiro (*)

Se o planejamento é a ciência de colocar no papel – hoje, na verdade, em sistemas computacionais – e de gerenciar todas as etapas do negócio, incluindo seus objetivos e os meios para que eles sejam atingidos, então, as empresas devem levar em conta a Gestão Documental como parte vital para o sucesso de um empreendimento. Isto porque os negócios envolvem o recebimento, envio e manuseio de uma quantidade enorme de documentos de várias origens, desde o tradicional papel, até os arquivos digitais – tais como as notas fiscais eletrônicas, fax, e-mail, documentos pessoais e formulários (estes, muito utilizados na coleta de informações em várias áreas: cadastros, escolas, pesquisas de mercado e de opinião etc).
Pode parecer que o planejamento envolve apenas a estratégia de negócios, a definição do plano de ação, a definição de produtos e serviços, preços, distribuição, marketing e divulgação. No entanto, ele vai além e deve incluir os processos de como a companhi…

Conheça o NUXEO - Software Livre para Gestão Documental

Atualizado em 16/09/2013.


          O Nuxeo é uma poderosa ferramenta de ECM (Enterprise Content Management - gestão de conteúdo empresarial) open source (código aberto), desenvolvido pela empresa francesa de mesmo nome. Nuxeo atualmente é utilizado por centenas de empresas ao redor do mundo e órgãos públicos, de médio e grande porte. No site do software é possível ver a lista de alguns usuários da ferramenta.           Nuxeo tem uma arquitetura ágil e flexível de última geração, utilizando o melhor do Java. Permite gerenciar os documentos de forma cômoda, realizando versões dos documentos, fluxos de trabalho associados aos documentos, publicação remota, busca avançada, integração com Microsoft Office e Open Office, etc.           Existe a versão open source do NUXEO, que é totalmente gratuita, e a versão "Nuxeo Studio". Esta última é um serviço diferenciado, onde há suporte 24hs por eles, manutenção do sistema, serviço de Cloud Computing (nuvem) etc. Neste caso é preciso p…

Botão para abrir formulário no LibreOffice-Base - Macros

Se você está começando a trabalhar com o Libre Office Base e não entende muito de programação, provavelmente já se deparou com a situação de não conseguir abrir um formulário a partir de um botão de pressão criado em outro formulário. Parecerá mais difícil ainda se você estiver acostumado a utilizar os assistentes do Microsoft Access.

No Libre Office Base é preciso criar uma macro para abrir um formulário a partir de um botão criado no modo desenho do formulário. Depois de criada a macro, é necessário chamar a função no evento "Ao aprovar ação" do botão.

Com o Libre Office Base aberto, vá em "Ferramentas >> Macros >> Organizar Macros >> Libre Office Basic". Na janela que aparecer, selecione "Minhas Macros >> Standards >> Module 1". Haverá um botão no menu lateral direito chamado "Editar". Clique para editar este módulo e insira a seguinte macro:

Eletrônico ou digital?

Diferença entre documento eletrônico e documento digital

Segundo a Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos (CTDE) do Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ):
“Na literatura arquivística internacional, ainda é corrente o uso do termo “documento eletrônico” como sinônimo de “documento digital”. Entretanto, do ponto de vista tecnológico, existe uma diferença entre os termos “eletrônico” e “digital. Um documento eletrônico é acessível e interpretável por meio de um equipamento eletrônico (aparelho de videocassete, filmadora, computador), podendo ser registrado e codificado em forma analógica ou em dígitos binários. Já um documento digital é um documento eletrônico caracterizado pela codificação em dígitos binários e acessado por meio de sistema computacional. Assim, todo documento digital é eletrônico, mas nem todo documento eletrônico é digital. Exemplos: 1) documento eletrônico: filme em VHS, música em fita cassete. 2) documento digital: texto em PDF, planilha de cálculo em Microsoft  Ex…