Pular para o conteúdo principal

Como instalar Joomla!


Instalando Joomla!1.5 em servidor local (no seu PC)
(Escrevi esse tutorial com a versão Joomla!1.5.14)


Sei que nos fóruns já tem vários artigos com o mesmo propósito. Porém, não encontrei nenhum que seja simples e demonstrativo. Então resolvi criar este tutorial:

Para você instalar o Joomla!1.5 no seu computador, você deverá ter simplesmente um servidor e um banco de dados (veja o artigo Hospede arquivos no seu PC, para melhor compreensão). Tendo já isso pronto, faça o download da última versão do Joomla!1.5.14 aqui.
Descompacte "joomla_1.5.14.rar" e coloque seus arquivos dentro da pasta do servidor (normalmente ela se chama www (C:\Arquivos de programas\EasyPHP 2.0b1\www)).
Agora entre na administração do Mysql e crie um novo banco de dados com o nome de Joomla (não precisa ser necessariamente este nome). Se você estiver usando EasyPHP, digite http://127.0.0.1/home/ para ir à administração.
Abra seu navegador de internet e digite localhost ou 127.0.0.1 na barra de endereço. Aparecerá uma tela de escolha do idioma, parecida com esta:

Escolha o idioma e clique em próximo. Aparecerá uma tela de verificação dos requisitos necessários:


Clique em próximo, e aparecerá a tela do contrato de licença:


Clique em próximo e aparecerá a tela de configuração:

Escolha Mysql como tipo de banco de dados. Abaixo, digite localhost, ou 127.0.0.1 como nome do servidor. Digite root no nome de usuário. A senha por enquanto deve ficar em branco. No campo do nome do banco de dados, digite Joomla (aquele que nós criamos antes).
Clique em próximo.

Será exibida esta tela acima para configuração da habilitação de transferência de arquivos por FTP, como não é o nosso caso agora, escolha não e clique em próximo.
A seguinte tela aparecerá:


Coloque o nome do site, seu e-mail e sua senha. Logo abaixo, clique em instalar conteúdo de exemplo, a não ser que você tenha um script de migração do conteúdo de um site anterior. Clique em próximo.
Agora, esta é a última etapa da instalação:
Como mostra, você deve ir até à pasta do servidor e excluir a pasta INSTALLATION, senão toda vez que abrir o localhost (seu servidor local), aparecerá a tela para instalação do joomla tudo de novo. Bom, eu não excluo, apenas renomeio que também dá na mesma.
Aí, se ainda estiver aberto a última etapa da instalação, clique em "site". Aparecerá seu site (é um modelo que já vem junto com o Joomla!, você pode instalar outros temas (templates)).
Toda vez que quiser acessar seu site, digite localhost na barra de endereço do navegador. Para administrá-lo, clique em administrator e entre com o nome de usuário: admin e a senha que você criou na etapa de instalação.
Para saber como disponibilizar seu site on-line, leia o artigo "Hospede arquivos no seu PC" na seção de artigos. Você também pode instalar o Joomla! em um servidor on-line, as configurações para a instalação tal como o nome do banco de dados e do usuário, são fornecidos pelo próprio servidor. Leia o artigo Dicas de hospedagens, do dia 23/02/2010.

Bom pessoal, acho que é isso. Espero ter ajudado nesse simples tutorial e aberto à correções e dúvidas!

Flw...
Dhion C.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lista de 170 dos principais e mais notáveis Softwares Livres para Web

Ser gratuito não significa que não sejam poderosos. Muitos desses softwares têm funções superiores às encontradas em seus concorrentes pagos.

Muitos programadores contribuem para a construção de um Software Livre, compartilhando gratuitamente seu trabalho e, pedindo um auxílio às pessoas dispostas a ajudar. É isso que sustenta o movimento do Software Livre.

Também, se dedicam inteiramente à criar design diferenciado desses softwares de código aberto, sob demanda de empresas, pessoas e instituições que agora se tornam seus clientes. Outros, criam módulos e componentes à esses softwares, com funções específicas de determinado tipo de atividade de um empresa ou instituição, cobrando então pelo seu trabalho, que agora depende da aplicação principal que ele ajudou a desenvolver.

Esse idealismo pode criar ótimos programas. O Firefox é um dos melhores exemplos. Mas há muitos programas de código livre além dele. Conheça agora, 170 dos principais e mais notáveis Softwares Livres, construídos …

Conheça o Alfresco - Software Livre para Gestão Documental

Alfresco, é um sistema de Gestão de Documentos físicos/digitais empresarial (em inglês ECM "Enterprise Content Management") multi plataforma (Windows e Unix/Linux) de Código Aberto, desenvolvido em Java.
Muitas empresas utilizam para gestão de seus documentos, gestão de conteúdo Web e de colaboração (e-groupware). O Alfresco não é a única plataforma de ECM open source, mas para a gestão de documentos, colaboração e repositório documental, é um dois mais utilizados no mercado atualmente, implementando alta usabilidade e um modelo open source a 100%.

Atualização do ICA-AtoM - versão 1.2 para 1.3

Vídeo gravado no celular. Apresenta o procedimento realizado ao atualizar a versão 1.2 para 1.3 do software ICA-AtoM. (localhost) Ubuntu + MySql Administrator


Planejamento deve levar em conta a Gestão Documental

Escrito por Dgard Pinheiro (*)

Se o planejamento é a ciência de colocar no papel – hoje, na verdade, em sistemas computacionais – e de gerenciar todas as etapas do negócio, incluindo seus objetivos e os meios para que eles sejam atingidos, então, as empresas devem levar em conta a Gestão Documental como parte vital para o sucesso de um empreendimento. Isto porque os negócios envolvem o recebimento, envio e manuseio de uma quantidade enorme de documentos de várias origens, desde o tradicional papel, até os arquivos digitais – tais como as notas fiscais eletrônicas, fax, e-mail, documentos pessoais e formulários (estes, muito utilizados na coleta de informações em várias áreas: cadastros, escolas, pesquisas de mercado e de opinião etc).
Pode parecer que o planejamento envolve apenas a estratégia de negócios, a definição do plano de ação, a definição de produtos e serviços, preços, distribuição, marketing e divulgação. No entanto, ele vai além e deve incluir os processos de como a companhi…

Conheça o NUXEO - Software Livre para Gestão Documental

Atualizado em 16/09/2013.


          O Nuxeo é uma poderosa ferramenta de ECM (Enterprise Content Management - gestão de conteúdo empresarial) open source (código aberto), desenvolvido pela empresa francesa de mesmo nome. Nuxeo atualmente é utilizado por centenas de empresas ao redor do mundo e órgãos públicos, de médio e grande porte. No site do software é possível ver a lista de alguns usuários da ferramenta.           Nuxeo tem uma arquitetura ágil e flexível de última geração, utilizando o melhor do Java. Permite gerenciar os documentos de forma cômoda, realizando versões dos documentos, fluxos de trabalho associados aos documentos, publicação remota, busca avançada, integração com Microsoft Office e Open Office, etc.           Existe a versão open source do NUXEO, que é totalmente gratuita, e a versão "Nuxeo Studio". Esta última é um serviço diferenciado, onde há suporte 24hs por eles, manutenção do sistema, serviço de Cloud Computing (nuvem) etc. Neste caso é preciso p…

Botão para abrir formulário no LibreOffice-Base - Macros

Se você está começando a trabalhar com o Libre Office Base e não entende muito de programação, provavelmente já se deparou com a situação de não conseguir abrir um formulário a partir de um botão de pressão criado em outro formulário. Parecerá mais difícil ainda se você estiver acostumado a utilizar os assistentes do Microsoft Access.

No Libre Office Base é preciso criar uma macro para abrir um formulário a partir de um botão criado no modo desenho do formulário. Depois de criada a macro, é necessário chamar a função no evento "Ao aprovar ação" do botão.

Com o Libre Office Base aberto, vá em "Ferramentas >> Macros >> Organizar Macros >> Libre Office Basic". Na janela que aparecer, selecione "Minhas Macros >> Standards >> Module 1". Haverá um botão no menu lateral direito chamado "Editar". Clique para editar este módulo e insira a seguinte macro:

Eletrônico ou digital?

Diferença entre documento eletrônico e documento digital

Segundo a Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos (CTDE) do Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ):
“Na literatura arquivística internacional, ainda é corrente o uso do termo “documento eletrônico” como sinônimo de “documento digital”. Entretanto, do ponto de vista tecnológico, existe uma diferença entre os termos “eletrônico” e “digital. Um documento eletrônico é acessível e interpretável por meio de um equipamento eletrônico (aparelho de videocassete, filmadora, computador), podendo ser registrado e codificado em forma analógica ou em dígitos binários. Já um documento digital é um documento eletrônico caracterizado pela codificação em dígitos binários e acessado por meio de sistema computacional. Assim, todo documento digital é eletrônico, mas nem todo documento eletrônico é digital. Exemplos: 1) documento eletrônico: filme em VHS, música em fita cassete. 2) documento digital: texto em PDF, planilha de cálculo em Microsoft  Ex…